quinta-feira, 11 de outubro de 2018

CAFÉ COM A PRIMME CONTABILIDADE: DICAS PARA IDENTIFICAR E REDUZIR DESPESAS NO SEU NEGÓCIO


O assunto despesa não é tão bem vindo pela razão de muitos considerarem algo ruim dentro da empresa. Claro que sendo elas utilizadas de forma equivocada e aleatória, torna-se não só ruim do ponto de vista dos compromissos, mas no quesito de ser crucial para o andamento da empresa.

A contenção das despesas deve ser realizada de forma planejada, pontuais e, o principal, interligada com os objetivos da empresa. Em primeiro lugar, para que o ato de contenção seja realizado, o empresário deve identificar todos os gastos e fazer os devidos acompanhamentos. Saber onde e quando o dinheiro está sendo empregado é essencial.

Após os registros e acompanhamento dos gastos é necessária a separação do que é despesa, custos e investimento. Nesse ponto vamos explicar a diferença entre esses três:

- Despesas: São os gastos necessários para obtenção de receita. Elas ocorrem nas áreas administrativa e comercial e servem para manutenção da empresa. (EX. Materiais de limpeza, salário do pessoal administrativo, combustível, energia elétrica do escritório, etc..)

 - Custo: Gastos que são relacionados à produção de um bem ou prestação de serviço. (Ex. Matéria-prima, mão de obra do pessoal da produção, etc.)

 - Investimentos: São gastos que tem o objetivo de trazer mais receitas para empresa. (Ex. Compra de maquinas) Separando os tipos de gastos, partimos para as despesas, que é objetivo deste artigo. Elas poderão ser separadas em DESPESAS FIXAS e DESPESAS VARIÁVEIS.


 - DESPESAS FIXAS: A periodicidade é sua característica principal. Essas despesas são aquelas que independentemente das vendas ocorrerem sempre existirão. São fixas porque ocorrem com periodicidade, podem a ter mudar de um mês para o outro, porém sempre virão. Ex. Aluguel do imóvel, salário do pessoal, telefone.

 - DEPESAS VARIÁVEIS: Elas fazem relação direta com o negócio. Quanto mais vende, mais teremos esse tipo de despesa. Ex. Fretes (Uma empresa compra mais mercadoria devido à grande demanda existente, com isso o frete aumenta).

 Estar ciente dessa separação é importante, pois as empresas deverão possuir tanto as despesas fixas como variáveis. O benefício vem da importância de saber o que poderá ser cortado. Como exemplo temos uma empresa que paga um aluguel em um determinado ponto central. Essa é uma despesa fixa que poderá ser reduzida mediante à procura de um local mais barato, porém, deve ser analisado se o local não prejudicará suas vendas. Entenda que uma redução poderia ser uma tragédia para o negócio. As despesas fixas são mais complexas na redução, mas podem ser realizada. A empresa ter conhecimento é de relevância máxima, pois suas receitas, traçadas a partir de metas, deverão cobrir essas despesas.

 As despesas variáveis em regra são mais fáceis de serem reduzidas. Um exemplo seriam alguns impostos como o ICMS. A sua redução poderá ocorrer mediante um bom planejamento tributário. O empresário deve estar atento aos gastos da empresa.

Nós da Primme Contabilidade & Gestão de negócio podemos ajudar você a identificar e reduzir suas despesas.

Praça Juracy Magalhães, 290 – 1° andar (30m do Banco Bradesco) – Centro - Senhor do Bonfim/BA. 74 3541 0379 // 9 91204020 contatoprimmecontabilidade@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.