domingo, 25 de novembro de 2018

ARTIGO: VOCÊ VENDE QUALIDADE NO ATENDIMENTO


Região com pessoas abertas para o bem, querem ser tratadas com qualidade e desejam entregar valor ao outro, mas que por alguns motivos temem agir neste bem atender. Resguardadas as exceções, temos negócios com grande vitalidade e disposição para recepcionar com excelência os clientes.

Creio no Comércio da cidade de Senhor do Bonfim, forte, vitalizado, numa localização estratégica, contribui para o fomento das economias de outras cidades da região do Norte da Bahia.

Entretanto, na qualidade de braço colaborativo da Khalifa Business empresa que atua com treinamentos empresariais, comunicação e marketing, coloca-me a disposição para quantos bate papos forem necessários no sentido de juntos materializarmos a realidade nesta campanha: SENHOR DO BONFIM A CIDADE DA QUALIDADE. Podemos sim, alcançar esta realidade. Reafirmo, será necessário que atuemos juntos solidariamente uns com os outros.

Vale uma dica SOCIAL: Se na frente da sua loja alguém vende milho, reflita comigo, se for patrocinado (por esta loja) um vestuário adequado ao negócio da vendedora ambulante, acrescentado da reforma do fogareiro dela, haverá um gesto sócio empresarial orientado para a inclusão social de fato. Para tanto, deve haver um critério mínimo como, por exemplo, o tempo de estada desta pessoa naquele ponto entre outros. E mais, sua imagem será exaltada diante dos potenciais clientes que passam em frente da sua loja. Se ligue!


Muito bem, para contribuir face a consolidação da Campanha SENHOR DO BONFIM A CIDADE DA QUALIDADE, todos devem se comprometer com este valor, as mídias, a população, as organizações de classe, escolas, e certamente o comércio em geral, afinal, time unido orientado e motivado por uma causa conquista patamares inimagináveis.

Com relação ao comércio local  destaco que uma equipe atenciosa, prestativa, dinâmica e carismática incorpora grandes valores numa venda e os passantes se tornarão “parantes” (potenciais clientes que param a observar o produto / serviço). Eles não passarão para outras cidades (fazer compras) eles pararão para receber o bom dia, um copo com água das mãos da vendedora solícita e prestativa na frente da loja.

Como um dos resultados previstos em nosso trabalho de CLIENTE OCULTO visando monitorar a qualidade no atendimento perante o comércio na cidade, surgem as palestras. Dessa maneira, reforço que será a partir da educação de valores com revisão das práticas nas abordagens de venda que daremos forma a um dos projetos mais esperados - as palestras interativas.

Elas estão sendo preparadas metodologicamente com dinâmicas e jogos sem a leitura de slides, apenas com voz e movimento, ou seja, para expor o que os vendedores vivem na prática. Tem a função de desinquietar a mente e o corpo da platéia, fazê-la levantar-se da cadeira e testar discursos ao vivo, tudo a base da nossa querida programação neurolinguística associada ao marketing e as relações públicas.

Outro aspecto importante: Uma pessoa infeliz não vende felicidade. As relações no ambiente de trabalho precisam ser revistas. Vale refletir algumas frases de impacto reverso de acordo com a situação na mente de muitos vendedores por parte de alguns gestores ou gerentes:

"Quem esta aqui esta pra vender!"
"Se não gostou saia."
"Não me conte os seus problemas não sou psicólogo."

Agora se ponha no lugar de alguns "vencedores", porque para este profissional vender felicidade num cenário de tamanha hostilidade só pode ser vencedor mesmo. Mas o respeito ainda deve ser o valor primário para garantir a ordem dia - DIGNIDADE HUMANA. Conclusão: Seja a qualidade que o seu negócio deseja.

Uemerson Florêncio: Empreendedor, escritor para 5 países de língua portuguesa nas áreas de desenvolvimento de carreiras e de cidades, seguimentos de gestão da comunicação corporal e negociação, relações públicas e marketing. Relações públicas pela Universidade Católica do Salvador, profissional de marketing, Pesquisador em Psicologia pela UNIFACS, Diretor de negócios da Khalifa Business, faz intercâmbio de Cultura Árabe a partir dos Emirados Árabes Unidos com foco para o desenvolvimento de cidades sustentáveis.

Por Uemerson Florêncio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.