quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

BONFIM: PROJETO QUE VISAVA NEGATIVAR NOME DE CONTRIBUINTES BONFINENSES COM DÍVIDAS DE IMPOSTOS FOI DERRUBADO NA CÂMARA DE BONFIM


Em sessão polêmica e historicamente delongada, a maioria dos vereadores de Bonfim reprovou o projeto 004/2018, que pretendia por no Serviço de Proteção ao Crédito - SPC, o nome de contribuintes bonfinenses que devam impostos municipais.

Tal projeto deu entrada no mês de abril na Câmara e somente na noite dessa terça-feira (04/12/2018), foi votada, depois de várias críticas da população, do comércio e mídia local, que vislumbravam um grande prejuízo principalmente econômico- comercial, que travaria o comercio que vem buscando sair da famosa crise.



Sobre a votação
Depois das delongas tentativas de alguns vereadores, tais como o presidente Reinaldo Santana e Hermógenes Almeida, que usaram a tribuna de forma inédita e propositadamente com finalidade de tentar fazer cansar a plateia presente para acompanhar a votação do polêmico projeto, ressaltando que o público não arredou o pé até que fosse votado o projeto 004/2018, mesmo, isso já na madrugada desta quarta-feira, exato a 01h12min, quando o presidente Rê colocou o projeto em votação, obtendo o seguinte resultado:

Pebinha – CONTRA                                        Carlos de Tijuaçu – A FAVOR
Andreilto– CONTRA                                       Moge – A FAVOR
Cleiton– CONTRA                                           Mimo – A FAVOR           
Deto – CONTRA                                              Lúcia – A FAVOR     
Elizeu dos Temperos – CONTRA                    Tavinho – A FAVOR
Geri – CONTRA
Dr. Jorginho – CONTRA
Dr. Laércio – CONTRA
Reinaldo José – CONTRA

Total de 09 Contra e 05 a favor, o projeto foi reprovado.

O Secretário Benito Brasileiro, acompanhado das Secretárias, Cristiane Maia e Damiana Duarte acompanhou até o final, a expressiva votação.


O que chamou atenção foram os discursos dos vereadores, Deto que de forma inusitada se expressou como nunca havia falado na casa, e expôs situações de corte e de perseguições sofridas por já haver declarado com antecedência seu voto contrário. Andreilto que vinha sustentando seu voto a favor surpreendeu a todos e diante da reprovação de suas emendas, mudou de voto e votou contra, Reinaldo José também chamou atenção, por desabafar sobre seu papel, e disse, “quem me elegeu foi o povo e pelo bem do meu povo voto contra”, e ainda se desculpou com o governo, mas não se restringiu a possíveis perseguições políticas.


Queremos registrar a permanência de parte da população que se fez presente do início ao fim, e mesmo diante das tentativas de alguns vereadores em cansar o público, mesmo de forma contra o que prevê o regimento, o povo se manifestou e interferiu várias vezes nas falas dos vereadores que eram favoráveis.

Blog do Netto Maravilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.