quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

ESPAÇO DO LEITOR: LEITOR QUALIFICA SESSÃO DA CÂMARA DE "PEÇA TEATRAL"


Ontem à noite resolvi ir a Câmara de Vereadores presenciar a votação do Projeto de Lei que autoriza o Executivo Municipal a negativar os nomes dos contribuintes que estiverem inadimplentes com o IPTU. E o que não foi surpresa,  alguns vereadores, totalmente despreparados, sem postura nenhuma diante de uma casa cheia, fugiam totalmente do assunto em questão, agredindo outros Edis com palavras. Quando usavam a tribuna para falar, o publico presente de forma “irônica” aplaudia e, aí sim eles se empolgavam cada vez mais com suas baboseiras ditas, e o show continuava, não percebendo o papel ridículo que estavam fazendo.  Parece uma piada alguns dos nossos representantes no Legislativo. Apenas alguns levam a coisa pública a sério para o bem comum em geral, e não para atender às suas próprias necessidades.


A sessão do dia 05/12/2018 foi uma peça Teatral. Tudo programado nos mínimos detalhes para atender ao anseio de uma minoria. Chegar ao ponto de um vereador  comentar que estava ganhando R$ 10.000,00 para trabalhar, e na verdade trabalhou, atuando no seu verdadeiro papel na peça teatral que era retardar a votação e provocar a plateia presente que queria de certa forma a reprovação do Projeto.

Vale Ressaltar que chegou vereador  afirmando em publico em uma casa que representa a população, que existe vereador que recebe “QUEIJINHO”, o que seria esse queijinho? O Ministério Público tem que ser acionado para apurar essa denuncia.

Enfim por volta de 01 h da manhã, depois de várias encenações dos atores, o projeto foi posto para votação e felizmente o mesmo não foi aprovado. Os Edis, em sua maioria, votaram contra e a vontade do povo foi atendida.

Márcio Cerqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.