segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

FILADÉLFIA: “VAMOS TER QUE DEMITIR, TIRAR BENEFÍCIOS DOS SERVIDORES, SEM FALAR EM INVESTIMENTOS QUE NÃO TEMOS COMO FAZER”, DISSE O PREFEITO DE FILADÉLFIA, LOURO MAIA APÓS ANÚNCIO DE CORTE DE VERBAS DO TCU PARA O MUNICÍPIO


Uma portaria publicada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) pode reduzir repasses federais para 52 cidades baianas a partir de janeiro de 2019. A medida altera o tamanho da fatia que cada uma delas tem no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte de receita das médias e pequenas cidades, com base na recente estimativa populacional divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em Filadélfia, o coeficiente do FPM caiu de 1,2 para 1,0 na nova portaria do TCU. Em valores absolutos, queda será de aproximadamente R$ 300 mil por mês. “Vamos ter que demitir, tirar benefícios dos servidores, sem falar em investimentos que não  temos como fazer”, disse ao site Notícia Livre o prefeito de Filadélfia, Louro Maia (DEM).

Web Interativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.