quarta-feira, 10 de abril de 2019

BONFIM: SERVIDORES DE SENHOR DO BONFIM REPUDIAM ATITUDE DO GOVERNO MUNICIPAL


“Não vou dar reajuste nem a minha mãe se descesse do céu agora”! (Carlos Brasileiro, 14/02/2019)

O SISMUSB – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim, juntamente com o SINTESB – Sindicato dos Trabalhadores na Educação do Município de Senhor do Bonfim, AACE – Associação dos Agentes de Combate a Endemias, ACS – Associação dos Agentes Comunitário e ABENF – Associação dos Técnicos em Enfermagem vem a público manifestar o mais veemente REPÚDIO às atitudes e declarações desrespeitosas do Prefeito Carlos Brasileiro por não receber seus servidores e por seu infeliz pronunciamento “Não vou dar reajuste nem a minha mãe se descesse do céu agora”! Feito ao Jornal Bonfinense, em 14 de fevereiro 2019. 

Em toda a sua trajetória politica, o prefeito ataca o conjunto do funcionalismo público, sempre com um discurso autoritário e sem o mínimo de respeito com os representantes legais desses servidores municipais, que tanto prezam pelos serviços essenciais à população. Não bastasse a absurda e infeliz declaração, o prefeito, que se notabilizou por retirar direitos constitucionais dos servidores desde 2003, com o famigerado artigo 56 § 2°, da Lei Municipal n° 905/2003, agora, ataca o direito constitucional à reposição salarial e o Piso salarial Nacional dos Professores, Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias.


Justamente no momento em que os trabalhadores do serviço público de todo o país se organizam para mobilizar e resistir contra às ofensivas propostas de retirada de direitos anunciadas pelo presidente Jair Bolsonaro, aqui em Bonfim, o prefeito Carlos Brasileiro faz coro ao discurso autoritário e práticas anti-funcionalismo do novo governo federal, mostrando que só muda de partido político, mas que o seu pensamento e as suas ações de querer sequestrar os direitos do trabalhador  são as mesmas de Bolsonaro. 

Assim como na esfera federal, o governo municipal ataca o funcionalismo e alimenta a sociedade com uma falsa ideia de que os servidores são “privilegiados” e, por isso não tem motivos para reivindicar seus direitos porque, na visão desses governos desumanos e injustos, o trabalhador já ganha muito! 

Vivemos um momento difícil em todo o Brasil, mas o trabalhador bonfinense, em especial, enfrenta duplo desafio, porque além das ameaças constantes de restrição dos direitos conquistados a duras penas ao longo de muitos anos, ainda tem que se deparar com a insensibilidade e desrespeito do governo municipal. 

A reposição Inflacionaria prevista no Art. 37, X da  Constituição Federal é um direito do trabalhador do serviço público e, como muitas outras leis que estão sendo desrespeitadas pelo prefeito de nossa cidade, precisa ser cumprida. 

Por conta do autoritarismo do gestor público municipal e a falta de dialogo com os representantes das categorias de trabalhadores públicos municipais, toda a população bonfinense que acessa os serviços públicos essenciais está sendo prejudicada por conta das constantes paralisações dos trabalhadores que, de forma justa, reivindicam os seus direitos, mas que infelizmente não tem a atenção do prefeito. 

Exigimos respeito senhor prefeito! Nós trabalhadores de Senhor do Bonfim não queremos nada mais do que a garantia da nossa reposição inflacionária, que por sinal, está sendo desrespeitada pelo senhor desde o início do seu mandato, há três anos consecutivos. 

Não vamos  aceitar calados essa atitude desrespeitosa, estamos dispostos a continuar firmes e unidos na nossa luta pela garantia dos nossos direitos e para melhor servir a sociedade bonfinense.

“Resistir e Lutar são os últimos caminhos para a vitória”.

Raimundo Nonato Rodrigues de Oliveira
Coordenador Geral do Sismusb

Senhor do Bonfim, 09 de Abril 2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.