quarta-feira, 8 de maio de 2019

BONFIM: AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE REPUDIAM CORTES EM VENCIMENTOS POR PARTE DA PREFEITURA DE BONFIM


Associação Municipal dos Agentes Comunitários de Saúde de Senhor do   
                                       Bonfim – AMACS-SB
    End: Rua J, Quadra 14, Nº 26,Cidade Nova 1, Senhor do Bonfim - Ba
                                     CNPJ: 03.284.974/0001-32

Nota Repúdio
Senhor do Bonfim-Ba,  09 de Maio de 2019

A Associação municipal dos agentes comunitários de saúde de Senhor do Bonfim AMACS-SB, em representação de todos os seus associados, vem por meio desta repudiar veementemente, a estúpida e arrogante postura do governo municipal, que insiste em maltratar os servidores do município. Mais uma vez em represália aos direitos constitucionais que assistem os funcionários públicos, nesta Quarta Feira 08/05/2019, os funcionários deste município tiverem em seus vencimentos salarial, o desconto de 2 (dois) dias, pelo simples fato de participarem das paralisações feita em defesa dos seus direitos a reposição inflacionária, piso e reajuste salarial, mesmo sem entrar com uma ação judicial para determinar se foi uma atividade legal ou não.

Descumprir o que determina  a lei, em prol do interesse próprio, não deveria ser atitude de um gestor, que foi eleito pelo povo onde está incluído os mesmos servidores que o mesmo tanto maltrata e nega os direitos.


Para maiores esclarecimentos, o direito a greve está previsto no Capítulo II (Dos Direitos Sociais) do título II (Dos Direitos e Garantias Fundamentais) da carta Constitucional de 1998, mais especificamente em seu artigo 9°.

Art. 9° - é assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender.

§1° - A lei definirá os serviços ou atividades essenciais e disporá sobre o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade.

Está bem claro que o Prefeito Carlos Alberto Lopes Brasileiro, que se diz ser do Partido dos Trabalhadores, cumpridor das leis e respeitador dos direito trabalhista, está se mostrando uma fraude e descumpridor de tudo que é legal e assistido por leis. Tais direitos conquistados pelos trabalhadores, como/; Décimo terceiro Integral, Piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e Combates às Endemias  e professores, Reposição da Inflacionária e até mesmo reajuste salarial.

Esta atitude mostra-nos, que a falta de compromisso e de respeito para com os trabalhadores, é a mais vergonhosa praxe desse governo, que se acha no poder de rasgar a constituição e fazer o que bem entende,  desrespeita determinação da justiça, prejudicando os servidores municipais, e consequentemente,  o município como um todo.

Importante também ressaltar que, com essa postura, esse governo entrará para a história do município, por ser o responsável por deixar uma dívida enorme para os próximos governos, por conta dos processos já julgados procedentes e pelo os que estão por veem, pois vemos que é apenas na justiça que nossos direitos são respeitados.

Esse governo que se diz sério, honesto e comprometido com a sociedade, mostra-nos com essa atitude, que seus discursos são meras palavras jogadas ao vento da hipocrisia e demagogia, é lamentável, humilhante e vergonhoso ter que conviver com essa estúpida falta de respeito para com os trabalhadores, que são cidadãos de bem, que desejam servir bem a sociedade, porém, sem abrir mão dos direitos conquistados com lutas.

ASS: Josemar Nascimento dos Santos
Servidor Público e Presidente da AMACS-SB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.