segunda-feira, 1 de julho de 2019

APÓS TENTATIVA DE FRAUDE, CINCO PESSOAS SÃO PRESAS EM FLAGRANTE DURANTE CONCURSO PÚBLICO DA GUARDA CIVIL DE PETROLINA


Cinco pessoas foram presas em flagrante na tarde deste domingo (30), suspeitas de tentarem fraudar o concurso público da Guarda Civil Municipal de Petrolina (GCM). A operação ‘test failed’ da Polícia Civil, deflagrada em abril em parceria com a GCM, apontou o professor Dionísio Felipe dos Santos Júnior como o suposto cabeça da fraude.

De acordo com a Polícia Civil, no decorrer das investigações, foi identificado que algumas pessoas receberiam o gabarito da prova. O esquema funcionaria da seguinte forma: os candidatos iriam enviar fotos do exame e receberiam as respostas por mensagens de texto.

Outras três pessoas também foram conduzidas à delegacia, por serem flagradas com celulares durante revistas de rotina. O secretário executivo de Segurança Pública de Petrolina, José Silvestre, esclareceu entretanto, que não houve vazamento da prova.

“Tivemos vários mecanismos de segurança e fizemos fiscalizações rigorosas para assegurar a integridade do concurso. Os envolvidos na tentativa da fraude foram imediatamente eliminados do certame e vão responder criminalmente na justiça”, informou.

Pretonobranco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.