13 de agosto de 2019

DESABAFO: HOMEM TUBERCULOSO MORREU NO HDAM DEPOIS DE LEVA E TRÁS DE UPA PARA HDAM

imagem ilustrativa
Nossa reportagem foi procurada por familiares de um homem morador do Distrito de Igara que estava acometido de tuberculose e, havia sido levado para a UPA na última sexta-feira (09), e foi transferido para o HDAM nessa segunda-feira (12), em estado avançado.

Confira desabafo de familiar:

“Boa noite Netto, me perdoe o adiantado da hora, mas o assunto é grave... Tem um primo meu que está muito doente, ele tem tuberculose e está em estado grave pois a doença já está num estágio muito avançado. Levamos ele pra UPA na sexta-feira (09) e o médico e os enfermeiros, inclusive o enfermeiro Ygor e o Dr. Raelsom foram muito atenciosos conosco e ficaram chocados com a situação do meu primo. Ele ficou internado na UPA e seria transferido para o Hospital Regional no outro dia, segundo o médico, mas isso só veio acontecer hoje, mais precisamente agora a noite. O que aconteceu foi o que nos causou revolta, ao ser transferido pela ambulância do SAMU até o Regional. No percurso, meu primo passou mal, porque ficou sem os aparelhos que o ajudam a respirar, e aí a equipe do SAMU tentou reanimá-lo, mas chegando ao hospital, não o aceitaram, disseram que não tinha vaga pra ele, pois ele precisa ficar em isolamento, e a SAMU vendo que o estado dele era grave, retornou para a UPA, por determinação do hospital também, onde encontrou os portões fechados, sendo impedida de deixar o paciente lá. O médico não o aceitou na UPA, devido ao seu grave estado e por causa da doença dele ser contagiosa. Os médicos discutiram e a polícia foi acionada, não deixando o paciente entrar para receber os cuidados necessários. Depois conseguiram pelo menos o oxigênio e um aparelho de ventilação para ajudá-lo a respirar... Que situação difícil e cruel... Meu primo tem 30 anos, é pobre, de família desestruturada, mas é um ser humano... Além de estar com essa doença terrível, não ter muita chance de vida, ainda teve que passar por esse constrangimento... A saúde pública já é uma merda, e aqui em nossa cidade então, ela se supera na falta de compaixão pelo próximo... Mas pelo próximo como meu primo, que não tem onde cair vivo, porque morto ele cai em qualquer lugar... Estamos profundamente entristecidos e revoltados com tudo isso. Não se trata uma pessoa desse jeito... Ele é filho de um primo meu, sempre nos demos bem, mas nos últimos dias, não sabíamos que ele estava assim tão doente. A mãe dele não entende nada, não tem estudo e nem compreensão das coisas, o que fica mais difícil ainda. Infelizmente só o levamos para a UPA na sexta-feira, por insistência minha, mas infelizmente, o caso dele é muito grave... Gostaria que vc levasse a público esse absurdo, e procurasse averiguar o porquê de tudo isso... Estou lhe relatando o que foi me passado pelos familiares dele, no caso, a irmã dele e o motorista do carro que levou os familiares até lá. E só deixaram ele entrar no hospital, porque a mãe dele, mesmo sem conhecimento, abriu a boca e brigou... Assim mesmo ele está na sala vermelha do hospital, entubado e respirando com a ajuda de aparelhos. Lamentável o descaso com uma pessoa, que tem uma doença grave. E o preconceito que o trataram, e que todos tem, em relação a doença dele ser contagiosa... Onde vamos parar... Desde já muito obrigada por sua atenção", desabafou a familiar.

Nossa reportagem esteve no HDAM na manhã desta terça-feira e foi informada que o rapaz havia falecido nas primeiras horas de hoje.

Blog do Netto Maravilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.