12 de fevereiro de 2020

DESCASO: HOMEM QUE FRATUROU CLAVÍCULA NA UPA ESTÁ CADA DIA PIOR ENQUANTO AGUARDA VAGA NA REGULAÇÃO EM IGARA


Você lembra do seu JOÃO DURVAL VIEIRA, 54 anos, morador do Distrito de Igara, que na última sexta-feira (07), fraturou a “Bacia”, ao sofrer uma queda da própria altura e bater em uma pedra?

E que Passou a noite gemendo de dores em casa e no sábado (08), familiares o levaram até a UPA 24hs em Bonfim, acompanhado de sua esposa, aguardando melhor atendimento, o mesmo acabou sofrendo mais uma queda desta vez da maca hospitalar, e fraturou a clavícula (dentro da UPA)?



Pois é, ele foi mandado para casa e esperar a regulação, até que seja levado para hospitais onde haja ortopedista.

Só que se estando internado a regulação já custa a sair, imagina em casa. Até parece que se manda esperar a morte em casa, e se não tomarem providências vai ser o que acontecerá. 

O homem não tem condições de movimentação, para fazer as necessidades precisa de ajuda e faz na cama e para piorar o local da fratura da clavícula está ficando roxo, preocupando ainda mais a família.

Na noite dessa quarta, amigos ligaram pedindo apoio da SAMU, a fim de prestar socorro ao paciente que geme de dores, febre, e ao que ouviram de prepostos no SAMU foi, "não fazemos frete", disse André amigo da família. 

Até quando esse paciente vai suportar duas fraturas que lhe imobilizou por completo?

Com resposta SEMUS.

O Secretário De Saúde interino,  Neto Guimarães comentou sobre o assunto.

"Já estou apurando a conduta do SAMU, é inadmissível e imperdoável tratar qualquer ser humano assim. Estamos acompanhando essa regulação mas infelizmente fratura de fêmur acaba demorando por conta das urgências que surgem no dia a dia. Amanhã a equipe da atenção domiciliar irá atender o paciente em caso e caso necessário iremos internar o paciente no HDAM para um melhor cuidado até a regulação sair".


Blog do Netto Maravilha 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.