30 de abril de 2020

AGENTES COMUNITÁRIOS REPUDIAM O QUE POPULAÇÃO IGARENSE COBRA SOBRE ATUAÇÃO DOS SERVIDORES - ENQUANTO ISSO VEREADOR DISTRIBUINDO CESTAS BÁSICAS E AGLOMERANDO PESSOAS NO DISTRITO


Os agentes comunitários de Saúde das Estratégias de saúde da família Igara I e Igara II, vem através dessa nota repudiar veementemente notas veiculadas na imprensa local depreciando o trabalho da Vigilância Sanitária e das Equipes de saúde no combate e prevenção ao Covid 19 nessa localidade.
Gostaríamos de ressaltar que a Vigilância sanitária está atuando diariamente nesse distrito, com o apoio das unidades de saúde, da Guarda municipal e do Departamento municipal de trânsito, verificando denúncias e monitorando pessoas oriundas de outras cidades. Os agentes comunitários assim como as unidades de saúde acompanham diariamente as pessoas recem chegadas de outras localidades e todo o trabalho de conscientização dessas pessoas e orientações para o isolamento social tem sido feito. Porém é necessário ressaltar o descaso da população que mesmo sendo informada e notificada das ações preventivas tem burlado as orientações e descumprem o período de quarentena proposto pelo Ministério da Saúde.

Também gostaríamos de denunciar aqui que apesar de todos os nossos esforços a população tem descumprido todas as orientações, ontem mesmo foi feito distribuição de cestas básicas no centro do nosso distrito, numa ação totalmente desorganizada com a participação de autoridades políticas do nosso distrito; pessoas se reuniram sem máscara, sem nenhum equipamento de proteção para receber essas cestas básicas que não sabemos ainda de onde vieram, mas, que foram distribuídas de forma errônea causando aglomeração e tumulto.

Gostaríamos de ressaltar aqui que a luta contra a disseminação do Coronavirus é uma luta de toda a sociedade e de nada adiantará todo o esforço contínuo dos profissionais da saúde se a população não fizer a sua parte.

Atenciosamente: Agentes Comunitários de Saúde das Estratégias de saúde da família Igara I e II.

SOBRE OQUE DIZ MIMO

Nossa reportagem conversou com o Vereador Mimo, que informou que a distribuição das cestas foram feitas via Grupo do Terço dos homens, ligado a Igreja Católica em Igara, mesmo ele tendo solicitado de amigos da Ferbasa, reconheceu a falta de organização e disse que foi uma coisa inesperado, repentina, mas que da próxima vez irá organizar melhor, e que haverá novas assistências aos mais necessitados de Igara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.