1 de junho de 2020

CAFÉ COM A PRIMME CONTABILIDADE –MUDANÇAS QUE PODERÃO OCORRER NO CONSUMO PÓS-COVID 19


Você consegue enxergar um novo modelo de mercado que poderá ser o normal no pós-pandemia? Mudanças estão acontecendo no consumo diante da crise de saúde que estamos enfrentando, mas será que esse será o novo normal? Como sua empresa poderá encarar o novo?

As respostas para essas perguntas devem surgir de uma observação que o empreendedor deverá fazer ao cenário atual. Nessa observação deverá notar as tendências de consumo. O mercado consumidor é totalmente dinâmico e já vinha sofrendo várias alterações, porém, com a crise, o processo e a dinâmica acabam sendo mais rápidos.

Vários setores da economia estão tendo que se adaptar ao novo normal que poderá separar os fortes dos fracos. A começar por uma etapa de conhecimento da própria empresa, seus proprietários devem moldar sua gestão para equilibrar seu fluxo de existência e poder permanecer no mercado com a conivência das adversidades e atendendo as necessidades do seu novo consumidor.

Alguns hábitos já são notórios e precisam de que as empresas se adequem para acompanhar, como exemplono aumento das compras online. O consumidor passou a utilizar, ainda mais, o meio digital para consumir e isso deverá seguir no pós-pandemia. Ainda mais do que antes, as empresas deverão se preocupar em como criar ou atualizar seus hábitos digitais.

Pesquisas mostram que a valorização do essencial está prevalecendo em um momento como esse. Fatores como saúde, bem estar e alimentação acabam sobressaindo como necessário na percepção do consumidor. Outras situações que seriam consideradas como luxos estão sendo descartadas, como isso as empresas deverão se atentar para o fator custo-benefício.

A praticidade e comodidade estão sendo cada vez mais exigidas pelos consumidores. Não só entregas de produtos, mas prestações de serviços de várias naturezas estão tendo que se adaptar para entregas de serviços onde o consumidor está.  O delivery passa a ser um pacote permanente nas empresas.

Outra situação é que as pessoas estão se voltando mais para a percepção da importância social das empresas no meio que vive. Isso no sentido de relacionamento com funcionários, clientes, meio ambiente. Daí surge a necessidade de as empresas reavaliarem seus planos estratégicos e perceberem que o lucro não poderá ser tratado apenas como objetivo fim do negócio.

Enfim, as adaptações deverão ser feitas nas empresas. O empreendedor deverá encontrar novos meios e formas de relacionamento com os clientes. É necessário ter um olhar observador e atento para que cada empresa acompanhe o seu novo mercado.

Gostou?

Próxima segunda estaremos com um novo artigo por aqui. Até lá!
SEGUE NOSSOS PODCAST’s: Clica no Link: https://www.spreaker.com/show/3690680
Eu sou o seu contador!
Todos os textos são de autoria dos contadores da Primme CONTABILIDADE
Praça Juracy Magalhães, 290 – 1° andar (30m do Banco Bradesco) – Centro - Senhor do Bonfim/BA.
74 3541 0379
contatoprimmecontabilidade@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.