8 de junho de 2020

O SILÊNCIO DE UMA ZABUMBA – POR WAGNER ROSA


O Luto exige sua presença no meio artístico cultural bonfinense, a batida da zabumba hoje marca um ritmo diferente, neste domingo nublado ironicamente de Junho, ainda ironicamente sem festa, se despede de nós nosso amigo Jovaldo, esse era seu nome de batismo , mas acho que quase ninguém sabia, era realmente conhecido carinhosamente como  Baton, tão presente no mês de junho e tão presente nas suas festividades marcando sempre certo ,  sempre no tempo,  como giro da terra  que ele deixa hoje. É meu irmão você, com sua batida segura deixou a marca da sua passagem entre nós agora deve e merece estar sendo recebido no céu já,  onde tocam os que  combateram  o bom combate e cumpriram a missão de levar alegria aos viventes do lado de cá, e uma vez lá , já tem lugar certo no grupo e agenda cheia,  sobre os auspícios de Deus, grande arquiteto do universo, que é justo e perfeito, dá a cada um conforme suas obras, e ajudar a levar alegria às pessoas é uma obra ímpar. 
Vai com Deus meu irmão!

Wagner Rosa, Pedagogo pela Universidade Estadual da Bahia - UNEB
Servidor no instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano IFbaiano, Cantor, músico e compositor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.