11 de dezembro de 2020

SISMUSB CONTRA A REFORMA ADMINISTRATIVA




Os servidores públicos estão presentes em todos os momentos da vida do cidadão, desde os serviços de saúde, na segurança, fiscalização, programas de assistência social, passando pela educação, até o acesso à justiça, garantia, proteção aos seus direitos. Agora, imagine se esses serviços públicos pudessem ser facilmente privatizados, com uma simples canetada? Ou que existissem brechas para que os servidores fossem perseguidos/coagidos a atender aos interesses dos políticos? Ou que houvesse uma redução de 25% na jornada de funcionamento do serviço público?


Além de prejudicar os atuais e futuros servidores, os cidadãos que mais dependem dos serviços públicos serão os mais afetados pela proposta da reforma administrativa. 


Mais uma vez, o plano é tirar de quem menos tem para resolver uma crise que a classe política e a elite criaram. Já sabemos os impactos dessas reformas na vida do trabalhador e do cidadão comum, pois passamos pela reforma trabalhista em 2017, reforma da previdência em 2019, e o que mudou? 


Amargamos aumento do desemprego, aumento da inflação, precarização das condições de trabalho, aumento das desigualdades e perda de direitos. Não podemos deixar outra reforma trazer os mesmos efeitos devastadores! Se você é a favor de um serviço público digno e de qualidade, seja contra a reforma administrativa!


Raimundo Nonato Rodrigues de Oliveira

Coordenador Geral do Sismusb

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.