21 de janeiro de 2021

JAGUARARI: EM ESTADO DE ABANDONO, GINÁSIO DE ESPORTES DA ESCOLA JOÃO DE MATOS PRECISARÁ DE REFORMA




Inspeções que estão sendo realizadas por técnicos da Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas de Jaguarari para levantar informações sobre o estado de conservação dos diversos equipamentos públicos municipais revelam, a cada dia, que o zelo pelo patrimônio público não foi uma virtude da gestão psdbista, a que antecedeu o governo “Cuidando da Nossa Gente”. Mais um exemplo disso, é o estado em que se encontra o Ginásio de Esportes da Escola Municipal João Ferreira Matos, localizado nas Casas Populares, na sede do município.




Em recente vistoria às instalações do equipamento, técnicos analisaram a estrutura física do ginásio: portas e portões de acesso quebrados, banheiros e alambrados danificados e piso com muitas avarias são exemplos da degradação, que inviabiliza o uso adequado das práticas esportivas e a realização de eventos de interesse coletivo que o espaço pode comportar.


Para ter noção do estrago deixado pela administração do ex-prefeito do PSDB, basta conferir in loco o tamanho do descaso da última gestão quanto à conservação do patrimônio público de Jaguarari.




Vale destacar que o ginásio de esportes da Escola João de Matos foi construído na segunda gestão do governo do prefeito Antônio Nascimento, em 2013. A obra é o resultado da parceria entre a Prefeitura Municipal de Jaguarari e o Governo da Bahia, via Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia, e contou com um investimento de R$ 626 mil.




Ao receber o relatório de mais um imóvel do município em condições de abandono, o prefeito Antônio Nascimento se posicionou sobre o descaso: “Por não construir nenhum ginásio em seu mandato, o ex-prefeito poderia, no mínimo, ter trabalhado pela conservação dos que já existem, coisa que não fez. Agora, antes da elaboração de projetos para a captação de recursos e conquista de parceiros para novas construções para nossos munícipes, é preciso um planejamento para recuperar o que está destruído”, lamentou. 

 

Assessoria de Comunicação Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.