10 de março de 2021

POR DANIEL GOMES - AFETO




AFETO



Sopra uma leve brisa

Inflorescência

De pétalas se espalha

No ar

E um nevoeiro de paz

Contorna o universo.


Ela em vestes plissadas

Em cores

Borda ciclo de serenidade.


Feita de terra,

Água, fogo, sol e chuva.


As vezes lágrimas

Noutras risadas

Sempre será tudo

Nada nunca não ela será.


Vontade que não

Se acaba

Tempestade de amor

Levada e trazida

Infinitamente.


Uma doce ternura

Atravessa os meus olhos.


Ela embeleza 

O meu mundo

Pois entre o seu e o meu

Não há nenhuma distância.


Tudo por ela se traduz

Em uma airosa divindade

Chamada "MULHER".


Dan Gomez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.