Polícia Civil de Juazeiro prende autor do homicídio que vitimou Rafael de Souza Lima no domingo de carnaval de Juazeiro deste ano



Nesta quarta-feira (21) a Delegacia de Homicídios de Juazeiro prendeu em São José do Belmonte, Pernambuco, um homem de iniciais G.S.M, 21 anos, acusado pela morte de Rafael de Souza Lima, 37 anos, que estava com a família no último dia do carnaval de Juazeiro.

O acusado foi interrogado e confessou a participação no homicídio.

Entenda o caso

No domingo (28), Rafael de Souza e mais 4 pessoas, inclusive um adolescente de 16 anos,  foram atingidos por disparos de arma de fogo na Avenida Adolfo Viana, onde ocorria o pré-carnaval da cidade, resultando na morte de Rafael. As outras vitimas atingidas tiveram ferimentos.

Rafael estava na festa com a esposa e o filho, e ao sair para comprar uma bebida, foi atingido pelos disparos. Ele trabalhava na Concessionária Pau Brasil Motos, de Juazeiro, e era natural do município de Senhor do Bonfim.

Após o crime, o SI da Delegacia de Homicídios iniciou as investigações e identificou os autores do crime.

“Foram identificados os autores do crime, sendo que a motivação seria um retaliação pela morte de Anderson Éden Andrade, o “Andinho”, ocorrida no dia 26 de janeiro, sendo os alvos do grupo criminoso no dia 28/01 eram as pessoas de Diógenes e Herbet. As outras duas vítimas, Rafael e o adolescente J. foram vitimas de “bala perdida” e não tinham envolvimento com os grupos envolvidos nessa contenda,”, informou a PC.

Anderson Éden Andrade foi assassinado na sexta-feira (26) também durante o carnaval.

O titular da unidade representou e a Justiça deferiu pela prisão dos envolvidos.

” Através de investigações da Delegacia de Homicídios de Juazeiro e do NI da 17ª COORPIN, foi localizado em um endereço na zona rural de São José do Belmonte, Pernambuco, um dos envolvidos.”

Ele estava escondido no local e, após “troca de informações foi solicitado o apoio da Policia Militar de Pernambuco para cumprimento do mandado de prisão e o efetivo policial do NI-21/14ºBPM, / MALHAS DA LEI 14° /14°BPM e EFETIVO DO 3° CIA/ 14ºBPM, localizaram e cientificaram do mandado de prisão da Vara do Júri e Execução penal de Juazeiro em seu desfavor.”

Redação PNB, com informações Delegacia de Homicídio de Juazeiro -DHPP


Por Preto no Branco
Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE