Estudantes da Ages assinam projeto para reforma de refeitório da Fundação de Apoio à Criança e Adolescente de Senhor do Bonfim



O serviço pode ser acessado por órgãos públicos, ONGs ou pessoas em vulnerabilidade social nos municípios de Jacobina, Senhor do Bonfim e Paripiranga

Alunos de Engenharia Civil, da Faculdade Ages de Senhor do Bonfim, e de Arquitetura e Urbanismo, do Centro Universitário Ages de Paripiranga/BA, instituições integrantes do maior e mais inovador ecossistema de qualidade do Brasil: o Ecossistema Ânima, vão desenvolver o projeto da reforma do refeitório da Fundação de Apoio À Criança e Adolescente de Senhor do Bonfim (Fundame). O cômodo tem problemas estruturais no telhado, com curvatura e treliças enferrujadas, e de ventilação. 

A ação envolve graduandos do 6º ao 9º período, com nível de conhecimento mais avançado, de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, e conta com a supervisão dos docentes e coordenação dos cursos. Além disso, a atividade integra a teoria-prática das instituições, com destaque à prática, e tem relevante importância como evidência do compromisso da Ages com a sociedade local. 



“Nesse projeto com a Fundame, os alunos das Unidades Curriculares em projeto arquitetônico, análise das estruturas e gestão da construção, estão elaborando os projetos estruturais e de arquitetura que a Fundação necessita. E eles ainda irão fazer o orçamento para a reforma. Todas as atividades serão supervisionadas pelos nossos professores, pela arquiteta e coordenadora dos cursos, Andrea Fontes, e por mim”, destaca Everton Durval, engenheiro civil e coordenador adjunto dos cursos de Engenharia da Ages em Senhor do Bonfim e Jacobina. 

A Ages conta com o projeto de extensão Escritório Modelo, que promove atividades para atender a comunidade com a assistência técnica e oportunizar experiências profissionais aos alunos. O serviço pode ser acessado por órgãos públicos, instituições não governamentais ou pessoas em vulnerabilidade social. 

Em Senhor do Bonfim, os interessados podem se dirigir a Rodovia Lomanto Junior, KM 104, S/N, Térreo; e em Jacobina o atendimento acontece na Av. Universitária, nº. 701, Bairro Pedra Branca, BR 324. Para ambos os municípios o contato inicial pode ser via e-mail everton.cruz@ages.edu.br . 

 Já em Paripiranga, os interessados devem procurar a professora Waleska Diniz, de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h, na Avenida Universitária, nº 23, Parque das Palmeiras, ou fazer contato através dos e-mails: waleska.santana@ulife.com.br ou andrea.fontes@ulife.com.br.

Agencia DC

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE