Estudante que estava em situação de rua é aprovado em universidade na Bahia: e vai cursar teatro em Senhor do Bonfim


Tiago vai cursar Licenciatura em Teatro, na Uneb — Foto: Arquivo pessoal


Em 10 meses, a vida de Tiago Juvenal do Santo mudou "da água para o vinho", como diz a expressão. O carioca de 40 anos mudou-se para Salvador, viveu em situação de rua e passou na Universidade do Estado da Bahia (Uneb), onde se prepara para iniciar o curso de licenciatura em teatro.


"Quando me contaram que passei, fiquei impressionado comigo mesmo, não acreditei. Foi muito rápido", revelou.


Tiago nasceu no Rio de Janeiro, mas foi criado em cidades da zona rural do Espírito Santo, onde trabalhou na roça desde criança. Órfão de pai e mãe, antes de vir para a Bahia ele morou seis anos em São Paulo, cidade em que também enfrentou dificuldades.


A decisão da mudança para Salvador nasceu do desejo de conhecer a Bahia. Mas as coisas não saíram como ele planejou: sem trabalho, nem recebimento de auxílios, o carioca foi parar nas ruas da capital baiana.


Foi aí que, com a ajuda do movimento das pessoas em situação de rua, Tiago foi acolhido em dois alojamentos municipais de Salvador.


Na segunda moradia, o Adra II, no bairro do Barbalho, o carioca foi questionado se gostaria de participar de um cursinho pré-vestibular do programa Universidade Para Todos (UPT), da Secretaria de Educação da Bahia - e topou na mesma hora.


Ele passou a frequentar o Colégio Estadual Severino Vieira, no bairro de Nazaré, para se preparar para o vestibular. Ao todo, foram apenas três meses de estudos antes da prova.


Tiago fez parte da primeira turma do "UPT Pop Rua", um curso pré-vestibular do Universidade Para Todos, voltado para a população em situação de rua de Salvador.


Segundo Patrícia Matos Machado, coordenadora geral do UPT, a iniciativa surgiu através de uma demanda do Movimento Nacional das Pessoas em Situação de Rua.


O perfil da turma era de pessoas em situação de rua que já havia concluído o ensino médio. Em parceria com a Uneb e com a Defensoria Pública da Bahia, 20 alunos participaram dessa primeira edição e receberam fardas, alimentação e materiais didáticos gratuitos.


Para Tiago, esse cuidado do programa foi fundamental. Depois de ver tantos colegas, sem perspectiva de futuro e nas ruas, passar no vestibular é uma esperança não só individual, como coletiva.


"Vim sobrevivendo e, mesmo com todas as dificuldades, minha prioridade sempre foram os estudos. Quero ser referência, exemplo. Meu objetivo é transmitir minha história, inspirar outras pessoas em situação de rua a não desistirem", contou.


Com a aprovação, Tiago vai se mudar para Senhor do Bonfim, cidade no norte da Bahia que fica a cerca de 383 km de Salvador. É no município do interior do estado que o curso de teatro da Uneb é ministrado.


Segundo ele, o sonho só será possível porque a Secretaria de Educação da Bahia e a Uneb contribuíram e vão seguir contribuindo com auxílios, como o de moradia e alimentação.


Em 2024, o Universidade Para Todos vai abrir uma nova turma e as pessoas em situação de rua poderão participar. O edital ainda será lançado e para mais informações, é possível entrar em contato com os responsáveis pelo programa através do telefone 08002858000 e do e-mail upt@educacao.ba.gov.br.


G1 Bahia

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE